Title
English Greek Japanese Korean Portuguese
Home Plástica Ocular
Plástica Ocular
peeling
Com o aumento da expectativa de vida, tem-se buscado tratamentos clínicos e cirúrgicos em busca do Rejuvenescimento, melhorando não só o aspecto estético, mas também a auto-estima e a qualidade de vida. A região dos olhos costuma chamar primeiro a atenção das pessoas, pois são os olhos que utilizamos para nos comunicar e onde os primeiros sinais da "idade" costumam aparecer. Existem diversas técnicas para promovermos uma melhora nessa região, através de cirurgias de retirada do excesso de pele da pálpebra com LASER ("Blefaroplastia"), correção dos supercílios e aplicação de Toxina Botulinica, peelings e preenchedores ("Bioplastia") para amenizar e atenuar as rugas e sulcos da região. Por se tratar da região dos olhos, o médico oftalmologista com atuação em Plástica Ocular é o profissional com capacidade para diagnosticar e tratar esses problemas. São tratamentos de baixo risco e não necessita ser afastado das atividades sociais e profissionais pois a recuperação cirúrgica é rápida. Ocorre uma nítida melhora já nos primeiros dias do tratamento.


O que são tremores na pálpebra? E-mail

Com grande freqüência a mioquimia palpebral aparece, manifestando-se como tremores musculares rápidos, episódicos e é em geral benigno. Pode, na verdade, acometer qualquer grupamento muscular, é uma fasciculação muscular. Pode estar associada à ansiedade, desgaste muscular crônico e estresse. Mais raramente associa-se a moléstias neuromusculares e alterações metabólicas, com desequilíbrio do potássio e cálcio, ou doenças hereditárias. Tem como um de seus diagnósticos diferenciais o blefaroespasmo.

 

Autora: Dra Mariana Lie Yamaguishi

Tratamento para Ptose Palpebral E-mail

minimal_ptosis A queda da pálpebra é uma doença que acomete pessoas de qualquer idade. É caracterizada por queda da pálpebra (Não confundir com dermatocalase que o  excesso de pele da palpebra superior).

Pode ocorrer tanto de forma congênita, isto é, a criança já nasce com a pálpebra caída ou ser adquirida ao longo da vida. Nesse caso ocorre principalmente acima de 50 anos de idade. Há diversos graus de Ptose. Os casos mais avançados chegam até a cobrir a pupila dificultando até mesmo as pessoas enxergarem.

Não existe, até o momento, nenhum tratamento clínico comprovado científicamente. O melhor tratamento é o cirúrgico e a cirurgia adotada será específica para determinado tipo de ptose palpebral. A cirurgia é realizada na maior parte dos casos com anestesia local e sedação em regime de day clinic, isto é, cirurgia ambulatorial sem necessidade de internação.

 

Autor: Dr Alexandre Misawa
O que é o Xantelasma? E-mail

xantelasma

O xantelasma palpebral é uma lesão amarelada pouco elevada que pode estar localizada nas palpebras superiores e/ou inferiores. Pode ou não estar relacionado com alteração no nível de colesterol sanguineo, porém raramente o controle do colesterol resolve esse problema. Não é uma lesão maligna, embora traga muito desconforto estético.

Não existe um tratamento único eficaz. Por esse motivo há diversas formas de tratamento: Laser de CO2 fracionado, Exerese cirurgica, radiofrequencia e peeling com acido tricloroacetico.

 

Autor: Dr Alexandre Misawa

Rejuvenescendo com a Toxina Botulinica E-mail

botoxA toxina botulinica (BOTOX, PROSIGNE ou DYSPORT) é utilizado principalmente para eliminar as rugas dinâmicas, isto é, as rugas formadas com a contração da musculatura ou também chamada de "rugas de expressão". Pode ser utilizada para eliminar as rugas da região frontal, glabela, pés de galinha, sorriso gengival entre outros. Pode também ser utilizado no tratamento de espasmos na região ocular e facial.

Tem duração média de 6 meses

A toxina botulinica não é utilizada para realizar o preenchimento. Nesse casos são utilizados os preenchedores (vide artigo Bioplastia).

 

«InícioAnterior123PróximoFim»

Página 1 de 3